.mais sobre mim

.actividade recentes

. Vamos lá por partes

. António Esteves

. Caixa de Pandora

. O alfaiate do Panamá

. Excelente blog de viagens

. Guerra e Paz

. Artigo publicado em que j...

. Geringonça

. As partes de um todo!

. Novo cartaz

blogs SAPO

.arquivos

. Julho 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Quarta-feira, 25 de Março de 2015

O Serviço Nacional de Saúde!

Deixem-me hoje contar-vos uma história, real.

Nos anos 90 quem precisa-se fazer um transplante hepático teria de estar inscrito em Lisboa, no Porto e em Coimbra, únicos hospitais onde se faziam esse tipo de transplantes, para além do estrangeiro.

Não havia, com todos os custos que isso acarreta, um único registo nacional de pessoas com essa necessidade.

Coimbra era, sem sombra de dúvidas, o centro por excelência neste tipo de intervenções.

O Prof Linhares Furtado tinha feito um trabalho reconhecido internacionalmente que levava a cidade estudantil a ganhar esse estatuto.

E, assim aconteceu com um familiar.

O transplante correu bem e desde essa data que é “acompanhado” em Coimbra, primeiro com deslocações quinzenais passando estas mais tarde a mensais e depois a trimestrais.

Em cada consulta, e passados mais de 10 anos do transplante, era comum o transplantado trazer da farmácia do hospital os medicamentos que necessita até à consulta seguinte.

Diria mesmo que me parece o mais razoável.

Acontece que em 2012 o senhor Director do Infarmed deu à estampa uma circular, onde ordena aos hospitais que a estes doentes só deverão ser cedidos medicamentos para um período de 30 dias.

Ou seja, este doente (porque o será sempre mesmo depois de transplantado) entre cada consulta (que passaram a ser trimestrais conforme referi ) tem de se deslocar duas vezes a Coimbra……………….

Por cada deslocação a despesa ronda os 80 euros, seja essa mesma deslocação de transporte próprio ou não.

Na última deslocação acompanhei-o, e foi-me dado ver pessoas que têm uma reforma de 330 euros e têm de ir todos os meses a Coimbra deslocando-se de Faro, Castelo Branco ou mesmo de Vila Real!

Dizem-me agora os meus amigos que perante esta situação há que reclamar ………………e foi o que fiz em 2014.

Comecei pelo Gabinete do Utente, pois a criação dos mesmos conforme está previsto é para defender os interesses dos doentes, que depois de duas cartas me canalizou para a ………………administração dos Hospitais Universitários de Coimbra.

Esta, depois de contactada, responde-me com circular do Infarmed ( a tal…..) e informa-me perante a minha sugestão de envio dos medicamentos pelo correio e a cobrança que : os serviços farmacêuticos têm um elevado défice de recursos estruturais e operacionais……………………

Conclusão o Serviço Nacional de Saúde está com menos défice e Portugal com maior mortalidade nos transplantados hepáticos, pois muitos deixam de tomar os medicamentos!

 

(Artigo para a Rádio Cruzeiro na 2 feira dia 23 de Março)

publicado por Tubarão às 00:59

link do post | comentar | favorito
|

.Facebook

Tu Barao

Cria o teu cartão de visita

.Benfica até debaixo de agua