.mais sobre mim

.actividade recentes

. Vamos lá por partes

. António Esteves

. Caixa de Pandora

. O alfaiate do Panamá

. Excelente blog de viagens

. Guerra e Paz

. Artigo publicado em que j...

. Geringonça

. As partes de um todo!

. Novo cartaz

blogs SAPO

.arquivos

. Julho 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Odivelas TV

A “Fórmula Resolvente”volta a partir de amanhã, sexta-feira, dia 24, na OdivelasTV.

 

O tema será “Transportes Urbanos – Mobilidade, Acessibilidade – Soluções”.

 

Ao meu lado estarão Luís Costa, Rui Francisco e Carlos Lopes.

 

A emissão do Programa será em directo na OdivelasTV em www.odivelastv.pt e irá para o ar depois das Noticias às 22:00.

 

sinto-me:
tags:
publicado por Tubarão às 18:09

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Maria Máxima Vaz a 24 de Setembro de 2010 às 14:07
Peço para abordarem uma questão que tem a ver com
o património.
Na zona histórica, rua da Fonte e rua António Maria Bravo, está a iniciar-se um prédio com 3 andares que agride o perímetro que delimita a povoação histórica. Além disso, fica dentro da zona de proteção do Mosteiro de S. Dinis, o que é bem visível nos mapas do IGESPAR. A lei determina a extensão das zonas de protecção : 50 metros. Além desses 50 metros há ainda outros limites acrescidos, conforme os casos.
Peço desculpa mas é urgente. AS obras estão a decorrer a grande velocidade, até durante a noite. Podemos não ir a tempo se nos demorarmos.
O que distingue Odivelas é o seu passado. Em tudo o resto é como qualquer outro subúrbio.
De Maria Máxima Vaz a 24 de Setembro de 2010 às 14:44
lei 107/2001 de 8/09
Art.º1.º A presente lei estabelece as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, como realidade da maior relevância para a compreensão, permanência e construção da identidade nacional e para a democratização da cultura-
Art.º 43, 1. Os bens imóveis classificados ou em vias de classificação, beneficiarão automaticamente de uma zona geral de protecção de 50 metros, contados a partir dos seus limites externos....
2. Os bens imóveis classificados devem dispor ainda de uma zona especial de protecção...zonas não edificáveis...
4.As zonas de protecção são servidões administrativas, nas quais não podem ser concedidas pelo município, nem por outra entidade, licenças para obras de construção e para quaisquer trabalhos que alterem a topografia, os alinhamentos e as cérceas e, em geral, a distribuição de volumes e coberturas ou o revestimento exterior dos edifícios, sem prévio parecer favorável da administração do património cultural competente.
Art.º44 - 1. A lei definirá outras formas de assegurar que o património cultural imóvel se torne um elemento potenciador da coerência dos monumentos, conjuntos e sítios que o integram, e da qualidade ambiental e paisagística.

Parece-me que estas transcrições que fiz da lei, chegam para fazerem uma chamada de atenção. Se não for pedir demais, refiram-se a esta questão.

Comentar post

.Facebook

Tu Barao

Cria o teu cartão de visita

.Benfica até debaixo de agua